Vocês sabem de uma coisa? Brasil e Coréia tem exatamente 12 horas de diferença. Nós moramos do outro lado do mundo. Quando são 4 horas da manhã para a gente, para vocês são 4 horas da tarde e 10 horas da noite para vocês, são 10 horas da manhã para gente. Um dia é formado por dia e noite. Na Coréia, eu vou sempre lembrar do horário de vocês. Vocês que estão do outro lado do mundo são a prova de que o BTS está fazendo um bom trabalho.

"

Kim Namjoon

sobre

 

A Delta Noonas é uma comunidade voltada para interação entre fãs de BTS, especialmente aqueles com mais de 30 anos de idade. Nossa proposta é colocar o holofote nos fãs e contar suas histórias de vida a fim de mostrar o potencial transformador da música e humanizar a relação artista-fã. Dizemos isso em nosso livro Amor e Voz:

 

 

O poder da música é tocar várias pessoas e, ainda assim, falar com cada uma delas de modo único. O BTS mobiliza multidões. Uma multidão pode ser uma massa indistinta de pessoas, mas quando pensamos que cada pessoa nessa multidão tem um nome, uma idade, vem de um determinado local e carrega uma história, nós humanizamos os encontros gerados pela música.

 

 

Focamos em dividir com as pessoas as diferentes formas através das quais o BTS, suas letras de música e seus discursos influenciaram muitas vidas de forma positiva. Baseada nisso, a DN criou o projeto AMOR E VOZ.

 

 

valores

toda pessoa carrega

uma história

artistas são gente

como a gente

a arte salva vidas

todos os dias

 

amor e voz

O projeto AMOR E VOZ é uma iniciativa em resposta ao discurso feito pelo BTS na 73ª Assembleia da ONU, realizada em 2018, em Nova York. Ao falar sobre as mensagens dos álbuns Love Yourself, Namjoon contou a sua história pessoal como forma de convidar cada um de nós a encontrar sua própria voz e contar a sua história. Um trecho do discurso:

 

 

Eu gostaria de dizer uma última coisa. Após lançarmos os álbuns Love Yourself e lançar a campanha Love Myself, nós começamos a ouvir histórias incríveis de nossos fãs ao redor do mundo. Como nossa mensagem os ajudou a superarem suas dificuldades na vida e começarem a amar a si mesmos. Essas histórias nos lembram constantemente de nossa responsabilidade. [...] Eu gostaria de perguntar para vocês: Qual o seu nome? O que te anima e o que faz o seu coração bater? Conte-me a sua história. Eu quero ouvir a sua voz e eu quero ouvir sua convicção. Não importa quem você seja, de onde você é, sua cor de pele, sua identidade de gênero. Apenas fale. Encontre seu nome e encontre sua voz para falar a sua verdade.

 

 

Com o mote "encontre o seu amor e a sua voz", nós decidimos reunir em um livro depoimentos de fãs sobre como o BTS as ajudou a encontrar o amor próprio. A 1ª edição do livro, chamado Amor e Voz - Histórias de Armys Brasileiras, contou com 45 depoimentos de fãs ao redor do Brasil e foi publicado no formato e-book. O projeto Amor e Voz caminha para uma 2ª edição do livro e a publicação em inglês, além dos planos de um livro físico.

O recorte em depoimentos de fãs com 30 anos ou mais veio com a intenção de colocarmos em discussão alguns preconceitos vivenciados por nós, como a ideia de que somos muito velhas para gostar de BTS. Também questionamos a ideia de que música pop é ruim e a constante ridicularização do que a sociedade concebe como "universo feminino", sobretudo a forma como o gosto adolescente é frequentemente alvo de chacota.

A proposta de colocar o holofote nos fãs é uma espécie de subversão de lugares, em que ocupamos o palco para contarmos nossas histórias.

 

 

 
Mídia 1.jpg

Capricho

na mídia

Mídia 2.jpg

Korea Post

Mídia 3.jpg

Say K

 
 

contato

conte a sua história

Obrigada!